Spiral Taping

STÉ uma técnica que consiste na colagem de fitas adesivas sobre a pele, melhorando de forma imediata (70% a 100%) dores, contraturas, distensões, processos inflamatórios e outros, além de resultar no relaxamento das tensões musculares, diminuir edemas, melhorar a mobilidade e o desempenho nas atividades.

Como e por que funciona?

A colagem de fitas (sem medicamento) gera estímulos cutâneos que são levados ao cérebro pelas vias sensitivas e a resposta retorna pelas vias motoras e pelo sistema nervoso autônomo, o que melhora a circulação e regulariza o metabolismo e tônus muscular. A fita estimula pontos na pele, conseguindo um efeito semelhante ao estímulo da agulha na Acupuntura, o que torna a técnica uma alternativa para pessoas que têm aversão a agulhas.

O SPIRAL TAPING foi aperfeiçoado baseando-se nos conhecimentos da Medicina Oriental, Cinesiologia e da Fisiologia Muscular, que possuem diagnóstico e métodos de tratamentos específicos. Dessa forma possibilita o reequilíbrio dos grupos musculares e das articulações, contribuindo para a normalização da postura (efeito similar ao RPG "passivo").

Desta forma, é possível montar um sistema que funciona com repetitividade de resultados e comprovação científica através de estudos termográficos, além de obter um tratamento em menor tempo e sem grandes desgastes do paciente.

Indicações

Além de problemas ortopédicos, reumatológicos, lesões esportivas e restabelecimento do sinergismo muscular, o SPIRAL é indicado principalmente em casos de DORT (Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho), que segundo a medicina convencional, não existe um tratamento eficaz para esse mal.

A técnica apresentou, em muitos casos, cura completa após 3 a 10 sessões, sendo que já na primeira sessão, há um considerável alívio da dor.

Quem pode ser tratado ?

Qualquer pessoa, desde crianças até idosos, exceto bebês, pois sua pele é muito sensível.

Em atletas, o Spiral Taping mostrou-se um excelente método de tratamento, tendo sua eficácia comprovada por diversos esportistas tratados nas várias academias paulistas como a Cia. Athlética, Runner, Bioritmo e  Godoi-Macaco.

 

 eliana_tadamassaEliana Gaudenzi e Dr. Tadamassa Yamada, com quem fez o curso.

 Há 9 anos trabalhando com a técnica garante que os resultados são excelentes:  "Estou  para ver técnica mais eficiente para tendinopatias e inflamações em geral", diz ela.

Utilizamos o material original:

cross_spiratex

Atendimentos especiais para você:

 
 

 Agende hoje sua consulta!